Agende um tratamento

Preencha seus dados e retornaremos com a
confirmação do seu agendamento.

Por favor preencha o campo.
Por favor preencha o campo ou verifique o endereço digitado.
Por favor preencha o campo com apenas números.
Por favor preencha o campo.
Por favor preencha o campo.
Home » Blog » A importância de um BOM relacionamento em tempos de crise e pandemia!

A importância de um BOM relacionamento em tempos de crise e pandemia!

O momento que vivemos não é desafiador apenas na área de saúde. Os relacionamentos também têm sido desafiados neste momento de crise e quarentena. Afinal, é muita novidade e necessidade de adaptação ao mesmo tempo.

Casais que vivem sob o mesmo teto, namorados que vivem em casas separadas e até grupos de amigos, pais e filhos, estão sob uma nova realidade quando o assunto é o relacionamento interpessoal.

E aí, como lidar?

 

Diálogo sempre em primeiro lugar

Seja para quem vive na mesma casa ou quem está separado fisicamente, a regra de ouro para que o relacionamento não desande é o diálogo.

Embora isso seja algo que deve ser observado em qualquer situação da vida, neste momento de medos e incertezas, é ainda mais importante. Antes de gritar, acusar o outro ou tomar uma atitude drástica, converse.

A capacidade de dialogar está muito ligada à qualidade e melhoria dos relacionamentos. E lembre-se que em um diálogo você também precisa ouvir e não apenas colocar o seu ponto de vista.

Então, converse. Seja claro nas suas demandas, mas também ouça as demandas do outro. Todo relacionamento pressupõe um equilíbrio, uma troca e momentos em que é preciso ceder.

 

Viver sob o mesmo teto 24 horas juntos.

 Na China, a pandemia acabou fazendo com o que número de divórcios aumentasse. E isso tem se mostrado uma preocupação para quem vive sob o mesmo teto com seu parceiro ou parceira.

Mas aqui cabe uma reflexão: Será que a crise foi a causadora do aumento do número de divórcios? Ou será que a crise evidenciou os conflitos que já existiam nos relacionamentos e não estavam sendo resolvidos?

De fato, passar as 24 horas do dia juntos pode ser desafiador, principalmente para aqueles que já estavam com conflitos nos relacionamentos e que não estavam conseguindo uma solução. Mas não precisa, necessariamente, significar o fim do relacionamento. Mais uma vez, é preciso equilíbrio e talvez o reconhecimento de que o casal está precisando de uma ajuda terapêutica, seja em um processo individual para que cada um cure a sua dor, ou, em um processo de casal para um que um possa entender a necessidade do outro.

Conversar, refletir e testar novas formas de convivência pode ajudar a superar esse momento que, lembre-se, irá passar.

Um ponto importante é que você deve buscar o bem-estar e tranquilidade dentro de si mesmo, pois quando você está bem consigo a relação com o outro acaba sendo um reflexo. Por isso, é importante o processo de autoconhecimento, para que você entenda quais são suas qualidades, os seus desejos e os seus sonhos. E também consiga entender e respeitar quais são as qualidades, sonhos e desejos do seu parceiro.

Para muitos casais, passar 24 horas do dia juntos não é nenhum problema, mas para outros acaba se tornando uma tormenta, para esses estar na mesma casa o tempo todo traz a sensação de que é preciso estar lado a lado e conversando durante as 24 horas do dia. Para esse segundo grupo o casal pode viver sob o mesmo teto, dividir as contas e as histórias e não conversar o tempo todo e passar um bom tempo em cômodos diferentes.

Independente de qual dos grupos você se enquadra é importante entender e respeitar que cada pessoa tem um processo de individualidade e aquilo que considera saudável em um relacionamento.

Em se tratando de necessidades, também é importante entender que homens e mulheres têm necessidades diferentes. Homens geralmente precisam de um tempo maior de silêncio. E, por um outro lado, as mulheres têm uma necessidade maior de falar.

 

Crise financeira e relacionamentos

Além da pandemia, o momento também traz preocupação financeira para muitas pessoas. E isso, geralmente, é motivo de problemas no relacionamento de muitos casais. Mais uma vez, é hora de ter diálogo e fortalecer a união.

Neste momento, é importante valorizar ainda mais a si mesmo e ao outro por estarem enfrentando uma situação difícil de frente. Pode parecer bobagem dizer isso, mas essa valorização tem um efeito mental muito poderoso, que acaba por refletir nas atitudes.

Um relacionamento é feito de muitas nuances. Por isso, para mantê-lo saudável, principalmente em momentos de crise e pandemia, é importante estar atento a si e ao outro e entender que cada pessoa é única, tem suas individualidades e necessidades, que precisam ser respeitadas.

Compartilhe!

Leia também: